AGORA
NO AR
Formaturas ocorrem nas próximas semanas
CARREGANDO
carregando...
CARREGANDO ...
A SEGUIR
Formaturas ocorrem nas próximas semanas
CARREGANDO
carragando ...

Notícias

02 Janeiro de 2018

De Jack White a Arctic Monkeys: 15 discos muito aguardados para 2018

O álbum “bizarro” de Jack White, Jards Macalé produzido por Kiko Dinucci, o trabalho “pós-fama” de Karol Conka, os retornos de Arctic Monkeys e Nação Zumbi… 2018 promete. A seguir, preparamos uma lista de discos os quais esperamos – uns com mais certeza de que vão acontecer do que outros – que se tornem realidade (tem também o caso de Kanye West: o homem é sempre imprevisível, e pode aparecer com material novo a qualquer momento). 
 
 
Jack White
Em novembro do ano passado, durante um discurso em Detroit, nos Estados Unidos, Jack White disse que o próximo LP estava “praticamente pronto”. “É um disco bizarro”, comentou, na ocasião. “Acabei de finalizá-lo. Preciso ouví-lo agora”. Em dezembro, ele soltou um vídeo – espécie de teaser – bizarro, e absolutamente tudo indica que se trata de um sucessor para Lazaretto (2014) e Blunderbuss (2012) na carreira solo do ex-White Stripes.
 
 
Nação Zumbi 
O Nação Zumbi acabou de lançar Radiola NZ, Vol. 1, um disco de versões de músicas alheias, de Tim Maia a Marvin Gaye. Muito bem, mas o grupo também já trabalha em um álbum de inéditas, ainda sem título e sem direção artística conhecida, mas prometido em entrevistas para 2018. O último trabalho da banda foi Nação Zumbi (2014), só que os pernambucanos costumam demorar um bocado para finalizar cada LP que produzem. Ou seja, pode tranquilamente ser que este passe em branco e a gente só ouça sons inéditos do NZ em 2019.
 
 
Arctic Monkeys 
Faz tempo: o último disco do Arctic Monkeys, AM, saiu em 2013 e, desde então, os fãs tem tido poucas notícias de um sucessor. No meio tempo, o vocalista da banda, Alex Turner, retomou o projeto The Last Shadow Puppets, com quem lançou Everything You've Come to Expect em 2016. Tudo que se sabe até agora é o que o baixista Nick O’Malley revelou: o grupo está gravando o LP em um lugar secreto.
 
Leia mais em Rolling Stone.
Clique para ampliar